Terceira seguida a mexer no meio

Daniel Ramos espera acabar com a malapata das expulsões no jogo desta tarde, na Choupana, depois de três jogos consecutivos a ter de alinhar em inferioridade numérica. Isso também implicou que o treinador tivesse de mexer sempre no meio-campo e o confronto com o Nacional não foge à regra. Com Filipe Augusto novamente a cumprir castigo, após a expulsão em Chaves, também Tarantini está fora de ação, neste caso devido à acumulação do 5º cartão amarelo no campeonato.

Sendo assim, o treinador tem de escolher uma nova dupla para o miolo e há várias possibilidades: jogam Leandrinho e Jambor lado a lado e Diego Lopes, com um ou os dois supracitados, surge novamente no onze, depois de cumprir dois jogos de castigo.

A mexida não deixará, seja como for, de ser profunda, até porque pode também afetar a frente de ataque, uma vez que com Diego Lopes na equipa pode não haver necessidade de apostar em dois avançados, como sucedeu em Chaves. Aí, Bruno Moreira teve a companhia de Ronan, mas seria o primeiro a ser sacrificado quando entrou Leandrinho para repor a ordem no meio-campo, após a expulsão de Filipe Augusto.