Mulher de Famalicão morre colhida por Alfa

A empresa famalicense Oldtrading vai apostar num novo nicho de mercado: a maternidade, lançando, este ano, uma marca própria para o pré e pós mamã e numa linha de vestuário seamless.

“Vamos realizar uma operação de marketing bem estruturada. Produzindo para o casual, o sportswear e a modelação, ao criar uma marca para essas áreas, podíamos colidir com os nossos clientes, que já contam connosco. Trabalhando com a maternidade, o pré-mamã e o pós-mamã, reservamos para nós o desenvolvimento dessa área de negócio com a nossa marca”, avança o CEO, Rui Gordalina, em comunicado.

A Oldtrading foi criada em 2008 a pensar no underwear, mas o sportswear é atualmente a grande aposta da empresa sediada em Vila Nova de Famalicão.

Só em 2018, o sportswear cresceu 10%, representando agora cerca de 25% do que se produz na empresa. “Em 2019, acreditamos que vamos conseguir crescer mais 20%”, adianta.

A exportação é o principal destino da sua produção. 95% daquilo que os cerca de 50 trabalhadores produzem é para os mercados nórdicos e da Europa Central. O próximo destino a conquistar também já está traçado: Alemanha.

A Oldtrading tem, ainda, seis trabalhadores dedicados exclusivamente ao I&D.

Em 2019 o objetivo é crescer em volume de negócios.

“Queremos continuar o caminho de incorporação de clientes com produtos técnicos. Em 2018 atingimos os 800 mil euros em produtos técnicos e acreditamos que este ano iremos atingir um milhão de euros só em produtos técnicos”, conclui Gordalina.