Meia Maratona de Lisboa com número recorde de atletas estrangeiros

17 de março de 2019 às 07:10Meia Maratona de Lisboa com número recorde de atletas estrangeiros

Os números não enganam e não podiam ser melhores. Com as inscrições esgotadas há mais de uma semana, a 29.ª edição da Meia Maratona de Lisboa conta, este ano, com um número recorde de atletas estrangeiros.

São 7500 corredores internacionais de cerca de 90 países de todo o mundo que correm hoje na capital portuguesa. Carlos Móias garante estar satisfeito com estes números e destaca a presença de 47 atletas da IAAF (Associação Internacional de Federações de Atletismo). “É um leque de atletas fantástico”, diz o presidente do Maratona Clube de Portugal.

É precisamente à conta deste grupo de corredores que a organização espera recuperar o recorde do mundo desta competição (21 quilómetros). Em outubro do ano passado, em Valência, o queniano Abraham Kiptum cumpriu a prova em 58,18 minutos, menos cinco segundos do que o recorde anterior, que tinha sido fixado em Lisboa, em 2010.

Assim sendo, está garantido um prémio de 50 mil euros a quem conseguir bater o recorde, tanto no setor masculino como no feminino. “Estes atletas são tão bons que a organização da prova teve de assegurar este prémio”, explica Carlos Móias.

Prova amiga do ambiente

Este ano, a organização do evento está ainda mais atenta à pegada ambiental da prova. Além dos diversos ecopontos que irão estar instalados em pontos estratégicos do percurso, está também assegurada a limpeza de todo o espaço por uma centena de colaboradores. 

De acordo com a organização, deverão ser recolhidas oito toneladas de plástico e, por isso, o presidente do Maratona Clube de Portugal diz que esta é uma prova “que acompanha o mundo e que garante a sustentabilidade ambiental”.

Além da Meia Maratona, a organização do evento conta ainda com a Mini Maratona, prova de sete quilómetros que arranca no mesmo local e à mesma hora.