Hamilton bate recorde e faz a pole do GP da Austrália de Fórmula 1

A Fórmula 1 de 2019 começou da mesma forma que terminou em 2018, com Lewis Hamilton dominando.

Na madrugada deste sábado, o britânico da Mercedes fez a pole position para o Grande Prêmio da Austrália com o tempo de 1min20s486, batendo o recorde de volta mais rápida da história da pista de Albert Park – sem ser em corrida -, estabelecido por ele mesmo na pole de 2018, quando fez o tempo na casa de 1min21s1.

Valtteri Bottas largará logo do lado do companheiro de Mercedes.

A Ferrari, que dominou a pré-temporada, ficou em terceiro com Sebastian Vettel, mas a 0s7 de Hamilton. Max Verstappen foi o quarto, e Charles Leclerc o quinto na definição do grid. 

No Q1, as Williams logo ficaram atrás de todo o resto do pelotão, que acabou sendo separado por pouco mais de 1s dos líderes. Mas, logo de cara, além de George Russell e Robert Kubica, Carlos Sainz, Pierre Gasly e Lance Stroll ficaram pelo caminho. Charles Leclerc, da Ferrari, liderou a primeira parte.

Na segunda parte do treino, as duas Renaults e as duas Toro Rosso ficaram pelo caminho, bem como a Alfa Romeo de Antonio Giovinazzi. Lewis Hamilton fez o melhor tempo do Q2.

A largada para o Grande Prêmio da Austrália de Fórmula 1 acontece na madrugada deste domingo, às 2h (Brasília).