Nestlé venderá café Starbucks no Brasil

A Nestlé vai iniciar a venda de café da marca Starbucks na Europa, Ásia e América Latina a partir deste mês, à medida que busca aumentar sua liderança global no segmento. O movimento foi possibilitado por um acordo de US$ 7,2 bilhões firmado no ano passado.

Os produtos com a marca Starbucks serão oferecidos no varejo e pela internet, em diversos formatos, como café torrado e moído e em cápsulas que poderão ser usadas em máquinas como Nespresso e Dolce Gusto, que pertencem à gigante suíça. O Brasil estará entre os mercados em que as novidades chegarão primeiro, ao lado de países como Grã-Bretanha, Espanha, México, Bélgica, Coreia do Sul e Holanda.

Questionado se o movimento de lançar cápsulas Starbucks Nespresso ajudaria o segmento de máquinas de café voltar a crescer dois dígitos, o vice-presidente e chefe de negócios estratégicos da Nespresso, Patrice Bula, disse: “Espero que sim. Temos grandes ambições.”

Maior rede de café do mundo, a Starbucks já vinha impulsionado vendas de seu café para uso domestico em toda a América do Norte havia vários anos. Pelo acordo do ano passado, a Starbucks, que está se expandindo na China, terá seu negócio fora de casa gerenciado pela Nestlé, enquanto continuará a controlar seu negócio de prontos para beber.