Apoiantes de Trump formam muro humano na fronteira

Vários manifestantes, apoiantes de Donald Trump, decidiram formar uma barreira humana na fronteira com o México, na zona onde o muro não está erguido.

Os protagonistas dos protestos, maioria norte-americanos da cidade texana de El paso, querem mais paredes erguidas para que as caravanas deixem de rumar para a zona.

“Estamos aqui para chamar a atenção para o facto de não haver muro aqui. Temos de proteger a nossa nação e, ao mesmo tempo, garantir que todas essas pessoas serão capazes de viver em paz porque todo o tráfico de droga e tráfico humano que acontece aqui, deixará de acontecer. Eles têm de encontrar outro lugar “, disse aos jornalistas um dos manifestantes.

O controlo da fronteira entre os dois paises é o maior de sempre da história. Nunca aqueles que querem uma vida melhor nos EUA tiveram tantos olhos em cima.

Na zona mexicana de Piedras Negras, cerca de 2000 migrantes foram intercetados e estão num abrigo temporário, guardado pela polícia militar.

“A vida nas Honduras é muito triste”, diz um dos migrantes através das grades. “Primeiro, não há trabalho, depois, não há segurança para uma mulher”, conclui.

Uma medição de forças entre dois lados, onde ganham as medidas de Donald Trump, cada vez mais apertadas, e que fazem com que milhares de sonhos fiquem à porta.