Bombeiros sapadores em greve a 21 de janeiro

Durante alguns momentos, os bombeiros tentaram entrar à força no Ministério. Acabaram por ser travados pela polícia que estava no local.


Os bombeiros estão em protesto contra as propostas do Governo para a carreira profissional. Os sapadores acusam o Executivo de querer destruir a carreira do bombeiro profissional e degradar as condições de aposentação.

Os bombeiros adiantam que a greve irá mesmo concretizar-se. Isto se o Governo, até lá, não “arrepiar caminho”. No dia 17 deste mês haverá uma nova ação de protesto junto do Conselho de Ministros.
Estes profissionais reclamam, designadamente, “um limite de idade adequado para a reforma sem cortes”, além de “um salário consoante o risco da profissão”.

O trânsito junto à Praça de Londres esteve cortado pelos cerca de 150 sapadores em protesto desde as 15h45, quando os manifestantes se sentaram no chão. A desmobilização aconteceu pelas 17h30.

Os sapadores de Lisboa receberam, nesta ação de protesto, o apoio de grupos de bombeiros de Setúbal e de Tavira, no Algarve.




Enviar por email o artigo Bombeiros sapadores em greve a 21 de janeiro
Aumentar a fonte do artigo Bombeiros sapadores em greve a 21 de janeiro
Diminuir a fonte do artigo Bombeiros sapadores em greve a 21 de janeiro
Ouvir o artigo Bombeiros sapadores em greve a 21 de janeiro

Tópicos: