Barcelona reforça liderança no dérbi da Catalunha

Nenhum dos habituais candidatos ao título está a fazer uma época espectacular na liga espanhola e o Barcelona não foge à regra, mas, ainda assim, tem sido a equipa que tem perdido menos pontos e, neste sábado reforçou a sua curta liderança com uma goleada de 0-4 no dérbi catalão com o Espanyol.

A equipa de Ernesto Valverde tem agora 31 pontos, mais três que o Sevilha, que, depois de ter passado uma jornada na liderança, já vai em dois empates consecutivos, o último dos quais neste sábado no Mestalla (1-1) com o Valência. Quem também aproveitou da melhor maneira o empate dos andaluzes foi o Atlético Madrid, que triunfou em casa (3-0) sobre o Alavés e apanhou o Sevilha na classificação.

O dérbi catalão foi mais uma noite de tremenda inspiração para Lionel Messi, que marcou dois dos quatro golos do Barcelona (que teve Nélson Semedo a titular) na marcação de livre directo, o primeiro aos 17’, o segundo aos 65’. Pelo meio, também brilharam Dembélé, que fez o 2-0 aos 26’, e Suárez, que fez o 3-0 aos 45’.

No Mestalla, o Sevilha, com André Silva de início, esteve muito perto de ficar com os três pontos, depois de Pablo Sarabia ter feito o 0-1 aos 55’, mas os “che”, com Guedes a titular, conseguiram empatar no tempo de compensação com um golo de Diakhaby.

No Wanda Metropolitano, Gelson Martins não saiu do banco para o triunfo do Atlético por 3-0 sobre o Alavés, que tem sido uma das boas surpresas da temporada na liga espanhola. Kalinic, Griezmann e Rodri marcaram os golos da formação orientada por Diego Simeone.

Ainda a dar os seus primeiros passos na liga epanhola, Miguel Cardoso obteve a segunda vitória como treinador do Celta de Vigo, desta vez em casa do Villarreal por 2-3. Os galegos chegaram a estar em vantagem por 3-0, depois dos golos de Mendez, Yokuslu e Maxi Gómez, mas ainda sofreu um enorme susto com um bis de Carlos Bacca aos 83’ e aos 87’.