"Voltamos a casa mais de um mês depois e sabemos que temos de vencer"

Tópicos

Na segunda-feira, o Feirense vai enfrentar o Marítimo pela terceira vez esta época e, apesar de o saldo ser favorável à equipa de Nuno Manta, que venceu os anteriores dois encontros, o primeiro a contar para a Taça da Liga (3-2) e o segundo para a Taça de Portugal (3-0), Luís Machado prevê que desta vez o adversário esteja mais forte com Petit ao leme.

“Sabemos que os jogadores do Marítimo vêm com enorme vontade de mostrar o que valem ao seu novo treinador, mas temos de ser mais intensos, agressivos e esclarecidos do que eles”, revelou o extremo, acrescentando: “Estamos avisados para os perigos que este adversário representa. Só um Feirense focado nas suas tarefas conseguirá um resultado positivo. Os jogadores estão conscientes da importância deste jogo. Jogamos em casa. Queremos ganhar. Queremos dar essa alegria aos nossos adeptos”, frisou.

Luís Machado destacou também o regresso ao Marcolino Castro – que já não acontecia há mais de um mês para o campeonato-, como arma para ferir os insulares. “Temos consciência das nossas responsabilidades. Voltamos a casa mais de um mês depois e sabemos que temos de vencer. Já demos provas esta temporada, nomeadamente contra o Marítimo, que temos muita qualidade”, explicou, referindo qual a atitude necessária para arrecadar os três pontos. “O grupo está focado em mostrar toda a nossa qualidade. Vamos dar uma resposta de raça, vontade e ambição. Queremos ter os adeptos do nosso lado do primeiro ao último minuto. O apoio deles é importante para voltarmos às vitórias no campeonato”, concluiu.