Taxa de Desemprego em Santo Tirso desceu 12%

Número de inscritos no Centro de Emprego não pára de cair.

A taxa de desemprego em Santo Tirso continua a descer, nomeadamente acima da média nacional. De janeiro a novembro de 2016, o número de pessoas inscritas no Centro de Emprego de Santo Tirso desceu 12 por cento. Uma percentagem que é ainda maior, se comparado com dados mais antigos: 6681 pessoas inscritas em 2013, contra as 4300 em novembro passado, ou seja, um decréscimo de quase 36 por cento em três anos.

Para o presidente da Câmara Municipal de Santo Tirso, Joaquim Couto, os números são motivo de satisfação, tendo em conta que o atual executivo estabeleceu como um dos pilares da ação política para o ciclo autárquico 2013-2017 o emprego e o investimento.

“Santo Tirso continua a ser exemplo no que toca à descida da taxa de desemprego, comparativamente com a média nacional”, congratulou-se o autarca, acrescentando: “Estes dados são demonstrativos da capacidade das nossas empresas criarem riqueza e novos postos de trabalho, resultado também de um «pacote» de medidas amigas das empresas que a Câmara tem implementado”.

De acordo com dados do Instituto de Emprego e Formação Profissional, 4300 pessoas estavam inscritas no Centro de Emprego de Santo Tirso em novembro de 2016, menos 12% do que em janeiro do mesmo ano.

Os dados oficiais, apresentados pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional e pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, mostram uma tendência estrutural: Santo Tirso continua a ser exemplo no que toca à descida da taxa de desemprego. Em 2013, o número de inscritos no Centro de Emprego atingia as 6681 pessoas, mais 2381 pessoas do que em novembro do ano passado.

As políticas de incentivo dirigidas ao tecido empresarial local, com vista à atração de novos investimentos e ao crescimento das empresas já instaladas no Município, são já avaliadas em mais de nove milhões de euros, distribuídos pelos projetos empresariais sediados no concelho.

“As nossas empresas também estão de parabéns, pelo forte contributo que têm dado para o desenvolvimento económico e social de Santo Tirso”, enfatiza Joaquim Couto.