PSG terá que vender Neymar ou Mbappé em 2019 para evitar punição, diz jornal

Neymar e Mbappé chegaram juntos ao PSG, no meio de 2017
PSG/SITE OFICIAL/DIVULGAÇÃO
Neymar e Mbappé chegaram juntos ao PSG, no meio de 2017

O ataque do PSG formado pelo brasileiro Neymar e pelo jovem francês Mbappé pode estar com os dias contados, segundo informações deste sábado do jornal “L’Equipe”.

Leia também: David Beckham inicia conversas e quer contratar Neymar para seu time

De acordo com a publicação, o PSG
precisa cumprir o fair play financeiro da Uefa para escapar de punição e, para isso, já está planejando vender uma de suas duas estrelas ao final da atual temporada, no meio de 2019.

O clube francês está com medo de não conseguir seguir as regras impostas pela entidade e já considera se desfazer de um dos dois astros.

Capa do
Reprodução
Capa do “L’Equipe” com as informações do PSG

Mesmo sabendo que conseguiria mais dinheiro por Mbappé
, o nome que vem sendo bastante especulado fora do Paris Saint-Germain é o de Neymar
. O camisa 10 vem sendo associado a Real Madrid, Barcelona e, agora, Manchester United.

Leia também: Veja os cinco motivos que tornam impossível o retorno de Neymar ao Barcelona

A decisão da Uefa a respeito das contas financeiras do PSG deve ser anunciadas em algumas semanas.

Pouco depois da divulgação da notícia, o PSG emitiu um comunicado desmentindo tudo. E com o título “L’Equipe, um meio de desinformação”. Confira abaixo:

“Além de negar com a maior firmeza estas afirmações totalmente errôneas, ridículas e com a única probabilidade de recriar um clima de grandes tensões entre este clube e este jornal, o PSG se pergunta, uma vez mais, a respeito da honestidade intelectual do L’Equipe e os motivos ocultos de sua linha editorial sobre o PSG”, disse o clube.

“Há muitos exemplos de um tratamento desequilibrado cujo objetivo é somente difundir uma atmosfera prejudicial… Diante da desinformação orquestrada pelo L’Equipe” e sua incansável tentativa de enfraquecer sua imagem, o PSG, clube mais popular e bem-sucedido da França, reafirma seu desejo de avançar e dialogar apenas com interlocutores de boa fé”, finalizou.

Leia também: PSG estuda vender Neymar para o Real e contratar o goleiro De Gea

Neymar e Mbappé chegaram ao PSG
no meio de 2017. Ao lado do uruguaio Cavani, eles formam um dos melhores trios de ataques do mundo. Mas esse setor ofensivo de respeito está prestes a ser desfeito.