"Pode ter algum caráter decisivo", diz treinador do Sporting sobre o jogo com o Braga

O treinador de futebol feminino do Sporting, Nuno Cristóvão, admite que o jogo da 10.ª jornada do campeonato nacional diante do Braga pode ser decisivo, pois é o embate entre os dois candidatos ao título. “Esta competição, normalmente, decide-se nos jogos entre as duas equipas. Não nego que é um jogo muito importante e que pode ter algum caráter decisivo. Não me custa admitir isso”, referiu Nuno Cristóvão, em declarações à comunicação social.

Com dois pontos de atraso na tabela, as ‘leoas’ não têm margem para errar no domingo, correndo o risco de ver o atual líder Sporting de Braga distanciar-se na classificação. Contudo, Nuno Cristóvão afasta qualquer acréscimo de pressão para além da normal de quem veste as cores do clube. “Quem representa o Sporting tem de estar habituado à pressão, senão não está aqui a fazer nada. Pressão existe sempre sobre em mim e sobre a equipa. É o clube de maior dimensão no futebol feminino português”, argumentou.

Fátima Pinto seguiu a linhas do seu técnico, sublinhando a importância de vencer para poder passar a liderar o campeonato, recordando ainda a vantagem nos confrontos diretos entre ambos. “Será claramente um jogo decisivo. Temos de ter noção que já disputaram seis títulos com o Sporting e ganharam apenas um. Levam muitos golos no campeonato, mas a nós só nos marcaram um. Vamos com o pensamento que vai ser um jogo difícil. Queremos ganhar e ficar na liderança do campeonato”, apontou.

Por fim, a guardiã Patrícia Morais contou que a equipa está “confiante e tranquila”, alertando para os “pequenos detalhes” que podem decidir o desafio.

No domingo, o Sporting, segundo classificado, com 25 pontos, recebe o líder Braga, com 27, no Estádio Aurélio Pereira, em Alcochete, pelas 15:00, em encontro da 10.ª jornada da competição.