'Não vou ficar triste se Neymar quebrar meu recorde', diz Pelé

<?xml encoding=”utf-8″ ?????????>

Redação Goal

Camisa 10 e principal jogador da Seleção Brasileira, Neymar poderá ultrapassar a marca de Pelé na artilharia do Brasil. Com 60 gols, até o momento, o jogador do Paris Saint-Germain precisa apenas de mais 35 tentos para superar a marca do Rei, de 95 gols feitos.

Em entrevista ao programa da Globo, Esporte Espetacular, Pelé destacou que ficará feliz em ser ultrapassado por Ney e explicou o motivo: “Não vou ficar triste se ele quebrar meu recorde. Mas, claro, porque é uma cria nossa, do Santos. Se fosse outro jogador, eu ficaria irritado. Se acontecer, o recorde estará em boas mãos”.

Companheiro de Neymar no PSG, Mbappé se tornou o jogador mais novo a balançar as redes em uma final de Copa do Mundo desde Pelé, em 1958, com 17 anos. Na ocasião, o francês fez dois gols na finalissíma do Mundial na Rússia, durante a vitória da França por 4 a 2, contra a Croácia, com apenas 19 anos de idade.

Durante o bate-papo, o ídolo do Santos aproveitou para brincar com a ocasião, na qual parabenizou Mbappé e recebeu uma reverência em troca: “O Rei será sempre Rei”, escreveu Mbappé em uma rede social.

“Eu recebi uma mensagem por celular, uma foto minha e dele dizendo: “os dois melhores do mundo: Pelé e Mbappé”. Eu falei: “eu já parei faz tempo” – brincou.