Marcelo convidado de honra em jantar de aniversário privado de João Lourenço

O Presidente de Angola, João Lourenço, vai ter um convidado especial no seu jantar de aniversário, no dia 5 de Março de 2019: o chefe de Estado português, Marcelo Rebelo de Sousa. O Presidente da República chega nesse dia a Luanda para uma visita oficial de três dias a começar no dia 6. E a escolha de datas não foi um acaso.

Lourenço dirigiu o convite a Marcelo Rebelo de Sousa, na visita que fez a Portugal em Novembro, de modo a que o Presidente português participasse, a título pessoal, no jantar de aniversário, que não constará da agenda oficial, a qual arranca só no dia seguinte.

O anúncio das datas foi feito pelo próprio Presidente angolano, no final de um almoço no Palácio de Belém, no dia 24 de Novembro. “Convidei o Presidente Marcelo Rebelo de Sousa a visitar Angola no período de 6 a 8 de Março de 2019, com chegada a 5 do mesmo mês”, disse João Lourenço, referindo-se sem o nomear explicitamente ao dia em que completa 65 anos.

Dias antes, Marcelo Rebelo de Sousa havia confessado que “adoraria” ser convidado para ir a Luanda pelo seu homólogo e que iria “na primeira ocasião” em que surgisse o convite. “Marquem a data que eu vou já!”, tinha dito, em entrevista à Rádio Nacional de Angola, Marcelo Rebelo de Sousa, que é conhecido em Angola por “Ti Celito”.

“Noutro dia o senhor Presidente João Lourenço disse-me baixinho (estávamos na cimeira do Sal da CPLP): sabe como é que é chamado cá? Não, não sei! Ti Celito! Ai é? É! Quando lá foi, criou-se uma expressão carinhosa, no sentido de as pessoas gostarem de si…”, contou ainda o Presidente português.

A 9 de Março, já após o regresso de Luanda, Marcelo comemora o terceiro aniversário do seu mandato presidencial.

Esta semana, durante a visita de 24 horas do Presidente chinês, Xi Jiping, a Lisboa ficou também acertado que Marcelo Rebelo de Sousa fará uma visita de Estado à China, em Abril do próximo ano, para participar na segunda edição do fórum “Uma faixa, Uma rota” e para retribuir a visita do seu homólogo.

Entretanto, o PÚBLICO apurou que o Presidente da República tenciona organizar um Conselho de Estado em torno das questões da interioridade. A data desta reunião ainda não está marcada, mas deverá realizar-se também durante o ano de 2019. com L.B.