Janeiro poderá trazer um Xiaomi com câmara de 48 MP

A Xiaomi prepara-se para aquele que se espera que seja o seu melhor ano de sempre ao nível de vendas. A meta para 2019 é que venha a vender 160 milhões de unidades de smartphones, mais 20% que este ano.

Para começar “a marcar passo” nesta corrida, parece que está a preparar o lançamento de um novo smartphone com um grande trunfo ao nível da fotografia: uma câmara de 48 MP.

Janeiro poderá trazer um Xiaomi com câmara de 48 MP

Foi o presidente da Xiaomi, Lin Bin, que partilhou uma fotografia, através da sua conta pessoal na rede social Weibo (com o seu Mi MIX 3 Ceramic), onde mostra aquilo que poderá ser o próximo smartphone da Xiaomi a chegar ao mercado, com destaque para a inscrição de “48 MP Camera”, logo abaixo de um flash LED.

Janeiro poderá trazer um Xiaomi com câmara de 48 MP

Sem dar para perceber quantas câmaras existem, é evidente pela foto que estarão posicionadas no canto superior esquerdo da traseira, algo já característico da Xiaomi.

Testei durante algumas semanas, não é mau! Lançado em Janeiro 😍

Esta é a legenda que acompanha a publicação, dando assim a indicação de que janeiro tratá consigo a afirmação da marca no mundo da fotografia, mas nada mais é revelado e da Xiaomi tudo é imprevisível.

Depois de anos a competir com smartphones com excelente desempenho, mas fracos no campo fotográfico, hoje a Xiaomi surge no top das marcas com melhores câmaras integradas nos smartphones.

Janeiro poderá trazer um Xiaomi com câmara de 48 MP

O seu mais recente lançamento, que pelos vistos é o smartphone do Presidente, o Xiaomi Mi MIX 3, vê a sua câmara avaliada com 103 pontos pela conceituada DXOMARK, ao lado de modelos como Samsung Galaxy Note9 e HTC U12+ e apenas ultrapassado pelo iPhone XS Max da Apple e pelo Huawei P20 Pro.

Tendo em consideração esta evolução histórica, é bem provável que este modelo esperado para janeiro venha facilmente a igualar, ou quem sabe ultrapassar, o modelo da Huawei.

2019, o ano da conquista chinesa

De acordo com um relatório vindo da China, a Huawei e a Xiaomi já definiram as suas metas de vendas para 2019, podendo este ser considerado um ano de conquista para as duas marcas.

A Xiaomi coloca a sua meta nos 160 milhões de unidades vendidas e a Huawei, que quer conquistar o lugar da Samsung com mais unidades de smartphones vendidas em todo o mundo, coloca a sua meta definida nos 200 milhões de unidades. Ambas as marcas estão assim a definir um aumento generalizado das vendas na ordem dos 20%, face a 2018.

2019 promete ser um ano de grandes surpresas no mercado dos smartphones e nós cá estaremos para o receber!

| Via