Criança ferida com gravidade após carro cair de 20 metros

Aparatoso despiste na A43, em S. Cosme. Rapaz de 11 anos seguia no automóvel conduzido por um irmão de 18 anos.

Um carro despistou-se e caiu numa ravina com 20 metros de profundidade, na A43, na freguesia de São Cosme, causando ferimentos ao condutor, de 18 anos, e a um irmão, uma criança de 11 anos, que foi transportada ao Hospital de S. João, no Porto, em estado considerado grave.

O desastre ocorreu por volta das 22 horas de sexta-feira, num troço da autoestrada 43. A Brigada de Trânsito da GNR tomou conta da ocorrência. As causas do acidente não estão ainda apuradas, mas presume-se que o piso escorregadio, por via da chuva, possa ter provocado a derrapagem.

Moradores das redondezas apontaram, designadamente, uma junta de dilatação entre duas placas da estrada como eventual causadora do despiste, a que se seguiu a queda do automóvel numa ravina muito acentuada e com cerca de 20 metros.

No aparatoso acidente, o automóvel captou diversas vezes e só parou num terreno traseiro de um prédio contíguo à estrada. O veículo ficou completamente destruído. Apesar da contundência do acidente, ambos os ocupantes conseguiram sair do carro pelo próprio pé. Foram socorridos pelos bombeiros de Gondomar e transportados de urgência para o hospital.

O condutor sofreu ferimentos ligeiros. O estado de saúde da criança inspira mais cuidados: cerca da meia-noite, permanecia internada, em exames e observações, na sala de emergência do Hospital de S. João, já na companhia da mãe, que estava em estado de choque.