Quatro soldados ucranianos mortos em zona separatista do leste do país

“Nas últimas 24 horas, dois soldados sofreram ferimentos mortais em confrontos” com os separatistas, disse o porta-voz do exército ucraniano, Oleksandr Motuzyansky.

Segundo o porta-voz, os soldados foram atacados perto do reduto rebelde de Lugansk.

Na sequência de uma explosão de um engenho na região vizinha de Donetsk dois outros soldados ucranianos morreram e dois ficaram feridos, acrescentou o mesmo responsável.

Os separatistas organizam no domingo eleições para escolher os “presidentes” e “deputados” das duas “repúblicas populares” proclamadas nos territórios sob o seu controlo.

O anúncio das eleições suscitou vivos protestos de Kiev, que considera que os escrutínios são patrocinados pela Rússia num “exemplo claro da falta de vontade do Kremlin em resolver pacificamente a situação” no leste da Ucrânia.

Moscovo sustenta tratar-se apenas de uma questão de eleições locais.

As eleições já foram condenadas pela União Europeia, Estados Unidos e Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download