Irmão de atacante de Melbourne tinha planeado outro ataque um ano antes

O homem que esta sexta-feira matou uma pessoa e feriu outras duas num ataque com uma faca em Melbourne será irmão de um homem que foi detido há um ano pela tentativa de cometer um ataque, na mesma cidade, na noite de ano novo.

Hassain Khalif Shire Ali, de 30 anos, incendiou a carrinha em que conduzia numa rua movimentada de Melbourne antes de atacar três pessoas com uma faca.

Hassain, que o grupo terrorista do Estado Islâmico diz ser um dos seus militantes, terá perpetrado este ataque um ano depois de o seu irmão ter sido preso por ser suspeito de planear um ataque na noite de Ano Novo na Federation Square. O suspeito continua detido à espera de ser julgado.

Hassain, que nasceu na Somália, acabou por morrer no hospital depois de ter sido alvejado pela polícia.

Antes disso matou um homem de 74 anos, que morreu no local do ataque, e feriu duas outras pessoas que receberam tratamento hospitalar mas não correm risco de vida.

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download
Google Play Download